[EN] - Emerson Ribeiro, autor de Entre Vidas

17.8.16


UDF – Como você decidiu se tornar escritor?
ER  Foi uma brincadeira com minha esposa, disse que faria diferente dos antigos namorados dela, e que não escreveria apenas cartas, escreveria-lhe um livro.
UDF – Entre Vidas um livro de fantasia. O que te levou a escrever esse estilo?
ER  O titulo surgiu depois de alguns capítulos, como a estória abrange assuntos de vida e morte, achei adequado.
UDF – Como é ser escritor de fantasia no Brasil?
ER  Um pouco trabalhoso, são poucos os incentivos e os valores para qualquer projeto solo são altíssimos. Até mesmo o publico torce o nariz em arriscar-se adquirir um livro de autoria nacional.
UDF – O que você acha da entrada da literatura jovem estrangeira no Brasil? Como é ter sua literatura convivendo com esses livros?
ER  Acho excelente! Incentivo toda e qualquer tipo de literatura, seja nacional ou estrangeira, os leitores sempre sairão ganhando com isso. Confesso que é complicado concorrer com esses livros, mas por outro lado, meio que obriga o escritor nacional a se reinventar e se aprimorar.
UDF – De onde você tira inspiração para escrever?
ER  De livros, filmes, animes, mangás e seriados que assisto.
UDF – Que dica você daria para os novos escritores que acompanham o Um Dia Frio?
ER  Não esperar o dia perfeito, aquele nublado e frio para começar a escrever, apenas escreva. Como dizia Tolkien, depois do primeiro passo você nunca saberá onde seus pés irão te levar.
UDF – O que você está lendo atualmente e que livro indica para os leitores do blog?
ER  Atualmente estou lendo A noiva fantasma e O orfanato da Sra Peregrine para crianças peculiares. Eu indico O Mago de Naminaroth e a Fênix, (Livro nacional do talentoso e amigo Bruno Kretzmann) além do Entre Vidas é claro.

Forte abraço! e obrigado pela oportunidade.


Ajude o autor:

You Might Also Like

0 comments

Página Um Beijo