[R] - Tequila Vermelha, de Rick Riordan

6.10.16

Seis latas de refrigerante Big Red. Um PHD em Letras. Maestria em Tai Chi. Estes foram os ingredientes escolhidos para criar o livro perfeito, mas Rick Riordan, acidentalmente, acrescentou um elemento extra na mistura: a tequila Herradura. E assim nasceu Tequila Vermelha! Um dos livros mais divertidos que li em muito, muito tempo.
Você, sem dúvida, conhece Rick por seus trabalhos espetaculares de mitologia: Percy Jackson (todas as três sagas), As Crônicas dos Kane e, mais recentemente, Magnus Chase e os deuses de Asgard. Entretanto, antes que o semideus chegasse às nossas prateleiras, ele já fazia sucesso com sua série de livros para adultos, o que inclui Cold Springs e todos os sete livros de Tres Navarre.

A história começa com Tres voltado para sua cidade natal, San Antonio, Texas, a pedido de sua ex-namorada, mas quem ele ainda ama, Lilian Cambridge. Contudo, nos primeiros minutos de seu retorno, ele encontra seu apartamento alugado ainda habitado por seu antigo inquilino. Depois de uma briga rápida que envolve tacos de baseball e Tai Chi, ele o expulsa e passa a ocupar o local com seu gato, o infame Robert Johnson.
Logo em seguida, conhecemos sua mãe e Lilian. Claramente, Tres e Lilian estão apaixonados outra vez, mesmo que isso tenha significado o termino de um noivado. Lilian, até dois ou três meses antes, estava noiva de Dan Sheff, milionário local. Mas como já dizia o narrador de 500 Dias com Ela, “essa não é uma história de amor”.


Anos antes, o pai de Tres, Jackson Navarre, foi morto na sua frente – de fato, foi isso que o fez deixar San Antonio. Agora, dez anos depois, ele decide retirar a poeira de velhos arquivos de polícia e meter-se com a memória de antigos colegas e outras pessoas perigosas – políticos e, até mesmo, mafiosos. Contudo, os assassinos não querem alguém remexendo no passado, e por isso faz de tudo para impedir Tres, incluindo sequestrar a bela Lilian.


Durante todo o livro, o autor brinca conosco, sem revelar com certeza as conexões que existem entre o passado e o presente. O tempo inteiro nós somos levados a acreditar, assim como os moradores de San Antonio, que a máfia foi responsável pela morte de Jackson, considerando que ele, como Chefe de Polícia, os estava investigando e, até mesmo, conseguiu levar Guy White – o suposto líder da máfia – ao tribunal. Guy, contudo, saiu livre por falta de provas.
Correndo contra o tempo, Tres recorre a diversos amigos e colegas de seu passado para desvendar a localização de Lilian e como isso poderia estar ligado ao seu pai. Até mesmo sua ex-amante da Califórnia, a belíssima chinesa Maia Lee, uma advogada, viaja para San Antonio para tirá-lo da cadeia.
Tequila Vermelha tem uma narrativa suave, engraçada e cheia de mistérios. A história acontece diante dos nossos olhos e, se não prestar atenção, ela passa e você nem vê. Todos os personagens, até mesmo os coadjuvantes, são muito bem desenvolvidos; mesmo Lilian, que passa a maior parte do tempo desaparecida.
Sendo fã do Rick ou fã de livros policiais, essa é uma leitura obrigatória! Mas, se você não é nem um nem outro, então, leia mesmo assim.

Já leu Tequila Vermelha? Se sim, deixe sua opinião nos comentários!

You Might Also Like

0 comments

Página Um Beijo