[E] - Dicas pequenas e ridiculamente simples para escrever um livro – PT.2

3.12.16

by Jerry Jenkins | tradução por Leandro Zapata
Não perca as contas. Tenha em mente a quantidade de palavras que você quer escrever. Pense em algo dividido em dez mil palavras e quebre seus parágrafos em tamanhos mais ou menos iguais.
» 10,000 palavras: um panfleto
» 20,000 palavras: eBook pequeno
» 40,000–50,000 palavras: livro de não-ficção de bom tamanho
» 60,000–70,000 palavras: livro de não-ficção mais longo
» 80,000–100,000 palavras: tamanho comum de romances


Dê a você mesmo prazos semanais. Pode ser por contagem de palavras, porcentagem de progresso, o que seja. Tenha uma meta a cumprir e alguém que te mantenha na linha.
Consiga um feedback cedo. Nada é pior do que escrever um livro e, depois, ter que reescrevê-lo por que você não teve ninguém para lê-lo. Tenha algumas pessoas de confiança para aconselhá-lo e discernir se o que está escrevendo vale a pena.
Mantenha-se motivado. Não importa o que aconteça, termine o livro. Mande para uma editora, publique na Amazon, faça o que for preciso para colocá-lo diante das pessoas. Apenas não o deixe na gaveta.
Abrace suas falhas. Saiba que esse é um caminho difícil e ardiloso. Mas fique tranquilo com isso. Dê a si mesmo graça. Isso irá te manter de pé, e não suas expectativas de perfeição.



Escreva outro. A maioria das autores têm vergonha de seu primeiro livro. Mas sem esse primeiro, eles nunca aprenderiam as lições que aprenderam. Então, coloque seu trabalho no mercado e tente outra vez. Esse é o único meio de tornar-se bom. Você pratica.
Todo escritor começa de algum lugar, e a maioria é enfiando momentos de escrita em seus espaços livres no dia-a-dia. Os que alcançaram sucesso são aqueles que tentam todos os dias.
Você também consegue.


Fonte: http://goinswriter.com/tips-writing-book/

You Might Also Like

0 comments

Página Um Beijo