[E] - Escritor: Você realmente sabe o “por quê”?

13.2.17

por Jerry Jenkins | tradução de Leandro Zapata
É costume que eu preciso me cutucar de tempos em tempos para lembrar das vantagens que minha vida de escritor me trouxe.
Como na última primavera, escrevendo para meu blog enquanto admirava a vista de Manhattan do 48º andar de um hotel de luxo, eu fui atingido pelos privilégios que eu consigo nesse ponto de minha carreira, comparado ao lugar onde comecei.


Na manhã seguinte, eu entrevistei o assunto de meu próximo livro de não-ficção; era aqui ele estava hospedado com as pessoas sob seus cuidados. Entre eles, um grande time da Liga de Baseball, na cidade para enfrentar os Mets, e ele é o empresário deles. Ele também é muito tagarela e apaixonado quando se trata dos filhos, esporte e a vida.
Eu me descobri nesse posição não apenas por que eu decidi que minha meta seria escrever best-sellers ou histórias-como-contada de pessoas famosas (Hank Aaron, Walter Payton, Nolan Ryan, Billi Graham, etc.). De fato, minha verdadeira intenção era seguir um chamado para o serviço de Cristo em tempo integral.
Quando senti esse chamado quando era adolescente, eu já era um escritor de esportes e assumi que deveria largar minha escrita e estudar para ser um pasto ou um missionário. Como foi gratificante descobrir que Deus já tinha começado a me equipar com as ferramentas que Ele pretendia usar se eu seguisse o chamado.
Autor e palestrante, Simon Sinek, disse: “As pessoas não compram o que você faz; eles compram o ‘porquê’ de você fazer. E o que você faz é simplesmente provar o que você acredita”.
Eu fui feliz em entender o meu “porquê” cedo.
Meu pai sempre me disse para “ser o melhor que você pode ser no que for seu chamado, e você terá mais sucesso do que a melhor pessoa do mundo naquilo, mas que não está fazendo tudo que sue potencial permite”.
Então, minha meta se tornou obedecer meu chamado e ser o melhor escritor que eu poderia ser, e deixar que os resultados tomem conta de si mesmos. Muitos definem o sucesso por boas críticas ou lista de best-sellers. Mas eu não tenho controle sobre nada disso.

Minha meta (meu porquê) não é ser um sucesso, e sim obedecer.

Fonte: http://www.jerryjenkins.com/the-aim-is-not-success-its-obedience/

You Might Also Like

0 comments

Página Um Beijo