[E] – Quando você pode chamar a si mesmo de escritor?

3.4.17

por Jerry Jenkins | tradução de Leandro Zapata
Você já se perguntou quando você é realmente digno de se chamar de escritor? Você tem um desejo profundo de impactar pessoas com suas palavras. Mas a dúvida assombra sua mente e você se pergunta:
“O que faz de mim um escritor? Nunca publiquei nada, muito menos um livro.”
“O que escrevi até agora não é bom. Nem sei se deveria estar fazendo isso.”
“Eu não posso ser chamado de escritor. Eu não estou nem próximo de ser bom.”
Parece familiar?
Se você deixar, essa voz irá te impedir de compartilhar sua mensagem com o mundo. Então, vamos lutar com essa voz de dúvida com uma dose de verdade.

Como uma pessoa se torna um escritor de fato?
Muito de vez em quando eu escuto sobre alguém que decidiu escrever algo, ou que foi importunado por isso, e surpreendeu todo mundo ao se tornar conhecido como autor. Mas, normalmente, virar um escritor toma um rumo normal. Você se torna um escritor da mesma maneira que você se torna um ciclista ou um ginasta ou um dançarino, cantor, chef ou encanador.
Então, onde quero chegar?
Você anda – e trepida e cai e levanta – antes de correr.
Você passa por cima de coisas com a bicicleta, esfola seu joelho, talvez dúzias de vezes, antes de finalmente se equilibrar em cima de uma bicicleta.
Você arruína muitas receitas, queima muitos bolos e tortas, salga carne e porco, antes de se tornar um chef.
Você inunda sua roupa, chão e todos os móveis a sua volta antes de aprendes todos os pormenores do encanamento.
Ser ruim em algo que queremos obter sucesso é parte do processo. É como nós começamos.
Se você não está disposto a falhar, a esfolar, a ser desengonçado, a cometer erros, a aceitar correção, críticas e conselhos de experts, você não irá progredir.

Então, quando pode se chamar de escritor?
Assim que você estiver disposto a mergulhar – independente do quão bom ou ruim você é. Faça-me um favor: não decida que você não é um escritor antes de conjurar a coragem de tentar. Aceite que você será horrível de primeira, como todos nós somos quando tentamos as coisas pela primeira vez. Humildade não é apenas um ótimo ponto de início, mas é a postura que você deve adotar para sua carreira de escritor.

Querendo-ser vs. Escritor
Todavia, se você apenas está falando que quer ser escritor, apenas lendo blogs sobre isso, apenas indo a conferências de escritores, bebendo com escritores, se vestindo como escritor (seja lá o que você ache que isso signifique), você não é um escritor. Você é um querendo-ser.
Querendo-seres falam sobre escrever. Escritores escrevem. Eles não podem escrever muito bem ainda, mas eles escrevem.
Quando você senta-se na cadeira e seus dedos estão no teclado e as palavras estão aparecendo na tela, você entrou no jogo. De outra forma, você está falando, mas ninguém está ouvindo. Não existe nada de errado em querer ser escritor. Mas se quer chamar a si mesmo de autor, você deve escrever.

Você tem as coisas certas?
Eu posso dizer no primeiro minuto ao criticar a escrita de um estudante se ele tem ou não o que é preciso para obter sucesso.
Como?
Eu não sou mal, sou direto. Eu assumo que eles querem honestidade colocado em como melhorar, então eu digo a eles. Pode ser difícil de ouvir. As expressões e linguagens corporais me dizem imediatamente se eles estão desesperados para aprender e crescer ou eles estão apenas esperando para serem descoberto.
Sei que é difícil. Pode ser assustador mostrar seu trabalho para um profissional, ou pior para um editor ou editora que irá decidir se compra ou rejeita. Mas escritores de verdade querem feedback. Eles querem melhorar, aprender, crescer e obter sucesso.

Você é um escritor?
Se você falhou, mas ainda escreve; se está com medo, mas ainda escreve; se você está pronto para uma dolorida crítica e fazer seu trabalho melhor ao aplicar o que aprendeu; se você ficou mesmo com o medo perseverante de falhar, VOCÊ É!
Como sabe quando você se tornou um escritor?
Quando você escreve. Bem, mal, medrosa ou corajosamente – independente. Se você está no jogo e usando suas cartas, diga para todos os ventos orgulhosamente:
EU SOU UM ESCRITOR!
E você? É um escritor? Me conte sua experiência nos comentários!

Fonte: http://www.jerryjenkins.com/know-youre-really-writer/

You Might Also Like

0 comments

Página Um Beijo