[QDR] - Inferno

24.5.17

Hey there,
Hoje trago para vocês algo diferente escrito por meu grande amigo, Adriano Barros. O que deu Errado? é uma série de posts aqui no Um Dia Frio que irá mostrar o que deu de errado em filmes que foram adaptações de livros. E o primeiro caso, Inferno. Eu já falei muito dele aqui, vocês já devem estar familiarizados. Saibam que essa é o opinião do Adriano, não a minha.
E qual é sua? Deixe nos comentários!

por Adriano Barros
"Interno" e mais um livro de Dan Brown, lançado em 2013, que virou filme em 2016.


Sendo esta o quarto livro com seu personagem mais conhecido, o professor e simbologista, Robert Langdon, temos uma história cheia de detalhes e reviravoltas, fórmula já conhecida pelos leitores de Brown.
 Todos sabemos que a leitura de cinema não deve ser a mesma de um livro, as linguagens são muito diferentes. Ron Howard compreendeu bem isso, tanto nesse filme, quanto nos dois outros filmes derivados das obras de Dan Brown. Só que nesse, a adaptação está um pouco, aliás está bem abaixo do esperado. Que fique claro, adaptar com fidelidade este livro não seria muito fácil... Ou ortodoxo, podemos dizer.

Vamos aos fatos, antes de tudo, o livro, o material fonte.


A história não produz grandes surpresas, a fórmula de Dan Brown está pra lá de manjada. Só que em Inferno, o pouco de surpresa que poderíamos esperar se perde numa história arrastada e penosa, que mais parece preocupada em te fazer imaginar as paisagens e lugares de onde se passa a história do que te fazer gostar dá história em si. Personagens dos quais é impossível ter algum tipo de afinidade, todos tão clichê que fica até difícil saber se estamos lendo um livro que deveria se fazer passar por real, ou estamos vendo um filme de 007 dos anos 80. Falando em filme...
A adaptação tenta trazer o conceito que é a essência do livro. Um homem rico e louco que deseja o fim da humanidade. Isso tudo dando suporte a história de Dante Alighieri, e sua obra. Desta vez, as dicas do plano deste gênio do crime, estão na obra de Dante.
O filme tenta dar ritmo ao sonolento conto do livro. E até consegue, mas o material fonte é tão chato que o filme em si se torna chato. Personagens que não se conhecem no livro, no filme são amantes de muito tempo. Alguém que tinha até boas intenções, acaba se tornando um terrorista suicida. O final do livro é extremamente diferente do covarde final do filme, compreendo que expor o fim do livro, como foi escrito seria bem impactante, mas o desfecho do filme chega a ser ridículo e "americanizado" ao ponto que chega a doer.
Enfim...

"Inferno" é um livro fraco, o pior de Dan Brown ao meu ver, o filme não poderia ser uma obra prima, os outros filmes são apenas OK, mas este é ruim mesmo, uma pena, pois a ideia é boa, e já que seria diferente mesmo do chato material fonte, fizesse algo melhor.

You Might Also Like

0 comments

Página Um Beijo