[E] – Como planejar seu livro – Pt.2

31.7.17

por Jerry Jenkins | tradução de Leandro Zapata
O planejador ultimate de romance.
Se você é um planejador e quer pular com os dois pés ou mergulhar de cabeça ou qualquer outro clichê que queira aplicar, você não pode fazer melhor do que tocar na muito estranha e maravilhosa mente do meu amigo, o Dr. Randy Igermanson.
Quem é ele, você pergunta?
Apenas o Sheldon Cooper dos romancistas. Literalmente (e eu realmente quero dizer literalmente). Em The Big Bang Theory, Sheldon tem um mestrado e dois doutorados. Randy tem seu mestrado e doutorado em físicas, especializando-se em teoria de partícula elementar. Ele também fez dois anos de pós-graduação em teoria de supercorda.
De alguma maneira, ele aplica seu intelecto em ciências na escrita de romances e ensinando escrita de romances, e ele é um planejador extraordinário.
Mas você disse...
Eu sei! Eu ia contar como você pode planejar seu livro mesmo não sendo um planejador. Se você não é um, precisa ficar a 100 metros de Randy Ingermason. Ele mesmo iria te dizer isso. Ele não quer ter nada a ver nem comigo!
Ele concorda que planejadores são planejadores e pantsers são pantsers, e nunca esses devem se encontrar. Se você é um pantser, não tente ser um planejador.
Então, como devo fazer...
Ok, aqui está como.
Ninguém está dizendo que só por que não é um planejador que você deve sentar na frente do teclado e esperar a magia acontecer. Não funciona assim. Pelo menos, nunca funcionou para mim – apesar de que alguns críticos podem dizer o contrário.
Apesar de que você não pode ter um plano de fato, obviamente você tem que ter uma ideia, ou você não tem lugar nessa cadeira.
Eu repito: não sente na cadeira se não tem nada para dizer.
Venha com uma ideia! Seja capaz de dizê-la em apenas uma frase. Conte-me sobre o que é sua história. Meu primeiro romance era sobre um juiz que julgou um homem por um assassinato que o próprio juiz tinha cometido. Eu tinha que saber pelo menos isso, ou sentaria o dia todo apenas estalando os dedos.
Agora, se você é um planejador, Randy Infermanson fará você inventando personagens com nomes e backgrounds e virtualmente mapeando sua história antes de digitar “Capítulo 1”.
Como um pantser, meu pensamento era, crie nome para alguns personagens, coloque-os em um palco e comece a contar a história do juiz. Vamos ver o que acontece. Com certeza não será previsível para o leitor, por que até mesmo eu não sei o que está por vir.
E se o leitor te escrever perguntando por que você matou o personagem favorito dele, posso dizer, “hey, escrever é um processo de descobertas. Eu não o matei, eu o encontrei morto.”
Então, o que você quis dizer com “planejar um livro”?
Existe uma estrutura básica de história que funciona quer você tenha um livro todo planejado ou você está escrever sentado em suas calças, e se parece com isso, de acordo com o autor best-seller Dean Koontz:
1. Jogue seu personagem principal em um problema terrível assim que possível. (Esse problema pode significar algo diferente dependendo do seu gênero. Em um thriller pode ser algo que ameace a vida. Para um romance, pode ser que o principal tenha que decidir entre dois pretendentes).
2. Tudo que seu personagem faz para sair do problema só o torna pior.
3. Eventualmente, ele perde a esperança.
4. Finalmente, seu personagem aprendeu muitas coisas com os problemas e agora ele é capaz de superar os obstáculos.
Essa estrutura irá manter você – e seu leitor – engajado e protegido contra o tédio.
E é assim que se planeja um livro, seja você um planejador ou pantser.
Então, qual desses é você é e o que fará a seguir?


Fonte: https://www.jerryjenkins.com/how-to-outline-a-novel/

You Might Also Like

0 comments

Página Um Beijo