[R] - Our Fall, Amanda Maia

20.10.17

por Maida
É para mim como pessoa que escreve e gosta de ser lida, muito difícil criticar o trabalho alheio. Geralmente sou bem dura com minhas criticas e por isso mesmo as guardo para mim, pois acredito que posso magoar as pessoas com muita facilidade. É também muito difícil para alguém que escreve ler alguém criticando seu trabalho, eu entendo isso.
Infelizmente eu preciso fazer essa resenha critica porque algo dentro de mim tem pedido isso. Eu sou uma leitora compulsiva, amo ler e leio desde os 3 anos de idade, ou seja já li bastante coisas. Posso contar nos dedos de 1 mão os livros que não consegui terminar de ler, por serem tediosos ou não despertarem minha atenção, visto que leio até rótulo de shampoo.



Foi o que aconteceu com Our Fall. Terminei minha leitura recentemente, e tenho que admitir que foi uma tarefa quase Hercúlea de tão maçante a escrita.
Toda vez que tinha que pausar minha leitura, eu me amaldiçoava três vezes antes de retomar, sempre me questionando: porque ainda não parei de ler essa estória?
Vamos lá. Our Fall retrata a história de Quinn, uma adolescente no fim do ensino médio que é apaixonada pelo professor de literatura, Sr Ridley. Quinn aos poucos percebe que o professor de literatura a trata diferente de seus colegas de sala, e por se distrair com a beleza e charme do professor acaba ficando com as notas baixas. O professor muito preocupado, vai até sua casa oferecer aos pais de Quinn que ele dê aulas de reforço á ela que sempre foi uma aluna exemplar, para que possa realizar seu sonho de entrar para uma faculdade de teatro. Muito contentes com a inciativa do professor, os pais de Quinn concordam com as aulas.
A partir daí vemos Quinn tentando fugir de seus sentimentos para com o professor, enquanto aparentemente o professor tenta fazer ela enfrentar o que sente e admitir.
O Sr Ridley, ou James como ela passa a chama-lo por causa da intimidade, está sempre ao seu redor. E é aí que as coisas ficam bem confusas e irritantes para mim.
O professor tem uma noiva, e uma ex esposa, uma hora ele quer incluir a Quinn na vida dele, e na outra a está afastando, dando a impressão de que a quer sob controle, testando seus limites emocionais. Enquanto isso Quinn quer demonstrar que não é uma adolescente mimada, com traços infantis e tenta ser madura, no entanto vive tendo crises de ciúmes descabidas, cobrando de James que ele a apresente em sociedade, sabendo muito bem que isso colocaria sua reputação e carreira em risco.
Para mim a parte mais maçante nem foi a questão de ser adicionados na história personagens que a autora não tinha a intenção de desenvolver, nem tão pouco o fato de ela os ignorar repentinamente para manter o foco apenas no casal principal. Talvez seria a questão de que Quinn não sabe o que quer e por tudo quer terminar o relacionamento com James, ao invés de encarar o que eles têm e seguir em frente, ela fica dramatizando tudo e fazendo uma confusão atrás da outra, ou o fato de que James alimenta esse comportamento irritante de Quinn. Ou quem sabe, até mesmo a forma como Quinn enquanto narradora dá voltas e mais voltas para dizer coisas simples, conta varias histórias desnecessárias tornando a leitura cansativa ao invés de ir logo ao ponto.
A tentativa de fazer com que James pareça mais misterioso, acaba criando situações desnecessárias e fracas que não dispertam a curiosidade.
E o plot twiat da história fica por conta de um personagem bem pouco explorado, e o final fica muito cheio de informações que vão se acumulando e sobreponde e eu finalizei o livro sem saber sobre o que ele falava. Para mim esse foi o pior erro, a mistura exagerada de temáticas, é o que mais me cansou.
Começou sendo sebre uma paixão adolescente platônica, que virou reciproca. Daí quando você pensa que vai ser explanado o assunto namoro entre aluna de 17 anos e professor de 28, entra a temática separação, depois máfia, e tudo isso misturado com os dramas adolescentes, briguinhas infantis, personagens que no começo eram importantes tornando-se terciários.

Então esse foi um livro que me arrependi de ler, que cansei de ler, e que só recomendo a leitura quando sair o segundo volume. Sim, ainda teve isso. Escritora que abre varias portas para fechá-las apenas na continuação. Quer passar nervoso porque o final do livro é frustrante porque ele simplesmente deixa para ser finalizado no próximo volume? Leia Our Fall da Amanda Maia, do contrário, não faça isso.

You Might Also Like

0 comments

Página Um Beijo